President

Filantropo internacional, investidor, colecionador de artes e ex-funcionário público, o embaixador Ronald S. Lauder tem atuado como presidente do Congresso Judaico Mundial desde junho de 2007. O presidente Lauder também demonstra seu profundo compromisso com a sua origem judaica através de uma ampla gama de recursos beneficentes de alcance mundial.

Como presidente do CJM, o Ronald S. Lauder já se reuniu com inúmeros chefes de estado, primeiros-ministros e representantes governamentais para promover as causas mais preocupantes que atingem os judeus e a comunidade judaica internacional. Ele acredita firmemente na importância de apoiar Israel, especialmente nos períodos em que o Estado e seu povo estão sob ataque; encoraja e auxilia no desenvolvimento de comunidades judaicas ao redor do mundo.

De 1983 a 1986, Ronald S. Lauder atuou como Vice-Secretário Assistente da Defesa para a Política Europeia e da OTAN. Em 1986, foi indicado pelo Presidente Reagan como embaixador dos Estados Unidos na Áustria. Durante o exercício de suas funções, ele fortaleceu laços diplomáticos entre os dois países e repudiou pessoalmente a Kurt Waldheim, quando este assumiu a Presidência da Áustria.

Seu desempenho como embaixador intensificou seu apreço e compromisso com seu legado judaico. Mais tarde, ele buscou revitalizar a vida judaica, em todas as comunidades da Europa central e oriental, que haviam sido devastadas pelo Holocausto e que permaneceram reprimidas sob o Comunismo. Em 1987 criou a Fundação Ronald S. Lauder, que atualmente apoia 37 escolas judaicas, acampamentos e centros comunitários na Áustria, Belarus, Bulgária, República Tcheca, Alemanha, Hungria, Polônia, Eslováquia e Ucrânia. Seus esforços conscientizaram milhares de jovens judeus a resgatarem a identidade judaica.

O embaixador Lauder também implementou o Programa de Intercâmbio Internacional de Estudantes (International Student Exchange Program) entre alunos do ensino médio da cidade de Nova York e Viena. Atualmente o programa inclui estudantes de Berlim, Budapeste, Praga, São Petersburgo, Sofia e Varsóvia.

Em 1997, o Ronald S. Lauder foi eleito presidente do Fundo Judaico Nacional (Jewish National Fund) e após uma década de ótimo desempenho, foi eleito presidente do Conselho. De 1999 a 2001, Lauder atuou como presidente da Conferência de Presidentes das Principais Organizações Judaico-Americanas.

A paixão do embaixador Lauder pelas obras de arte e seu compromisso com a justiça o estimularam a criar e dirigir o Comitê para a Recuperação de Obras de Arte com a adoção de leis internacionais para recuperar obras furtadas pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. O Comitê continua atuando na recuperação de pinturas importantes e devolvendo-as aos herdeiros dos donos originais.

Em 2008, o embaixador Lauder foi eleito Presidente da Organização Mundial da Restituição Judaica (World Jewish Restitution Organization).

O Presidente Lauder também atua como Presidente da Junta Diretiva do Jewish Heritage Council; Membro da Junta Diretiva Internacional de Governadores da Sociedade Internacional Yad Vashem; Membro da Junta Diretiva do Holocaust Memorial Council dos Estados Unidos; Membro da Junta Diretiva do Jewish Theological Seminary; Membro da Junta Diretiva do American Jewish Joint Distribution Committe; Membro da Comissão de Curadores da Anti-Defamation League Foundation; Membro da Comissão de Curadores do The Abraham Fund; Presidente da Comissão de Curadores dos Arquivos Sakharov da Universidade de Brandeis e Membro da Junta Diretiva Internacional de Governadores do Museu de Tel Aviv. O embaixador Lauder tem sido um grande patrocinador do The Shalem Center desde a sua fundação. Ele também é Presidente Honorário da Comissão de Curadores do Museu de Arte Moderna.